horta

8 dicas para cultivar uma horta em casa

Não precisa ter grandes espaços para ser ter uma horta. Veja algumas dicas de como ter seu próprio canto verde em casa e cultivar seus próprios alimentos.  

A possibilidade de se ter uma horta dentro de casa está virando objeto de consumo de muitas pessoas das grandes cidades que buscam maior controle sobre sua alimentação, disponibilidade de alimentos frescos e orgânicos (e economia na hora de ir ao supermercado ou feira), começar um hobby ou como forma de decoração.

Cultivar uma horta em casa não é tão complicado quanto parece, mesmo para quem mora em apartamentos pequenos. Pelo contrário, é simples, fácil e barato, basta apenas organização e planejamento. Aqui, nós te apresentamos dez passos para morar seu próprio canto verde.

  • Local: qualquer espaço pode ser utilizado para instalar sua horta: varandas, janelas, parapeitos. O importante é que estes locais recebam, no mínimo, quatro horas de luz solar por dia, para que possam se desenvolver. O melhor é que elas recebam a luz da manhã.
  • Vasilhames: o local escolhido determinará que tipo de vasilhames serão utilizados. Jardineiras são ótimas para locais com espaço limitado e elas aceitam mais de um tipo de muda. Seja qual for o vasilhame escolhido, o importante é que ele tenha volume mínimo de 1 litro. Os vasilhames também precisam ter um furo embaixo para a drenagem da água.
  • Preparo do solo: é preciso que o solo tenha todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento das plantas. Os locais que vendem terra possuem pacotes que já vem com matéria orgânica, fósforo e potássio. O importante é garantir que o pH da terra esteja em 6. Se o solo estiver muito ácido, as plantas não se desenvolverão.
  • Culturas: o melhor é optar por hortaliças com raízes curtas, como como alface, coentro, cebolinha, salsa, pimentão e couve-folha, ou frutas de pequeno porte, como tomate-cereja, porque elas se adaptam a solos pouco profundas. Dê preferência a mudas, que são mais fáceis de cultivar. Plantar através de sementes demora mais.

horta

 

  • Espaçamento: o espaçamento entre as plantas é muito importante para garantir que elas cresçam de forma adequada. Por isso, é preciso pesquisar as características de cada espécie. Um pé de alface deve ser plantado a 20 centímetros dos demais, enquanto o tomate exige 35 centímetros.
  • Regar: depois de plantadas, vem a parte de regar. No início, regue três vezes ao dia até a semente germinar ou a muda se estabelecer. Após isto, uma rega por dia, pela manhã, é suficiente. Lembre-se de verificar qual a quantidade ideal de água para cada espécie. O excesso de água ajuda na proliferação de doenças.
  • Poda: as plantas exigem que você faça uma poda para permanecerem verdejantes. Caso você utilize as folhas constantemente em receitas, não há necessidade. Se não for o caso, é preciso cortar as folhas. Caso contrário, elas secam e murcham, prejudicando o desenvolvimento da planta.
  • Plantas invasoras e insetos: quando se tem uma horta, é preciso ficar atento para o surgimento de ervas daninhas e insetos, que podem prejudicar o desenvolvimento da planta e até matá-la. A dica é retirar com a mão estas plantas invasoras e ficar de olho em ovos de insetos, principalmente borboletas. Uma forma de combater os insetos é plantar também a capuchinha entre as plantas da sua horta, pois ela costuma ser mais apreciada por lavras do que as hortaliças.

Fontes das fotos: Capa e Foto 1