Feirão de imóveis no final de semana vai dar até 38% de descontos

Foto: Wikipedia – Wheat Harvesting

SÃO PAULO – A consultoria de imóveis Lopes vai realizar, no dia 12 de março, a feira “imóveis novos com custos de utilizados”. Vão ser 1.300 ofertas, entre apartamentos residenciais a salas comerciais, em toda a região metropolitana de São Paulo. O atendimento ocorrerá entre 9h e 22h do sábado na sede da companhia, na Rua Estados Unidos – Jardim América.

De acordo com o comunicado mandado pela empresa àoijornalismo as parcelas pvão partirde R$ 390,00 e os descontos cvão chegara 38%, em uumaatoque pretende eanimaras vendas e aesquentarum mercado que acaminhaem dobstáculos Todos os imóveis estão listados no site da companhia.

Os termos e condições especiais de negociação permitem entradas a partir de 10%, e saldo financiado em até 30 anos, com possibilidade de utilização do FGTS. Vão ser 800 alternativas já construídas e 500 ainda na planta, em 62 empreendimentos ao todo.

Em economia, fatores de produção são elementos indispensáveis ao processo produtivo de bens materiais.

Fatores como o alto desemprego e os obstáculos de comprovação de renda em momentos de crise podem ser prejudiciais para o setor imobiliário. Nos últimos 6 meses, o índice DMI-Viva Real de custos de imóveis, que nesta semana, a Caixa Econômica Federal, que só permitia financiamento de até 50% do valor dos imóveis do Sistema Financeiro de Habitação , anunciou que o limite ampliará para 70% aos trabalhadores do setor privado e 80% para os do setor público, mudança que também deverá esquentar este mercado, no Brasil exibiu queda de 0,82% no valor médio.

Que os brasileiros percam o foco no planejamento financeiro, declarou o presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros, Reinaldo Domingos, apesar de positiva para o comprador, a medida não pode fazer com. “É ótimo poder financiar a maior parte, mas é de extremo protagonismo que não se deixe levar pela ansiedade e impulsividade. É preciso analisar minuciosamente as finanças, fazer simulações, etc.”, alega, em nota.Sistema eletrônico