FGTS libera R$ 21,7 bilhões para financiamento de imóveis

SÃO PAULO – Mais R$ o conselho 21,7 bilhões liberara eles de o fgts para as linhas de financiamento de compra de a casa própria. Segundo informações da Folha de S. Paulo, os novos recursos serão destinados principalmente para a construção de novos imóveis e financiamento de imóveis de trabalhadores com conta no FGTS.

De acordo com o comunicado mandado pela empresa àoijornalismo as parcelas pvão partirde R$ 390,00 e os descontos cvão chegara 38%, em uumaatoque pretende eanimaras vendas e aesquentarum mercado que acaminhaem dobstáculos Todos os imóveis estão listados no site da companhia.Os termos e condições especiais de negociação permitem entradas a partir de 10%, e saldo financiado em até 30 anos, com possibilidade de utilização do FGTS. Vão ser 800 alternativas já construídas e 500 ainda na planta, em 62 empreendimentos ao todo.

Desde o ano passado, as linhas de financiamento perderam tiveram perdas por conta dos depósitos da caderneta de poupança – isso porque se destina ele parte de o valor depositado em a poupança para o financiamento de a construção e compra de imóveis.

Os R$ 21,7 bilhões serão de duas linhas de crédito: R$ 11,7 bilhões vão ampliar o financiamento direto aos compradores de imóveis, sendo que R$ 8,2 bilhões desse valor serão utilizados na linha Pró-Cotista. Essa segunda é voltada para imóveis de até R$ 400 mil, somente para trabalhadores que tem conta no Fundo.

Os bancos de o valor utilizarão o restante para a compra em que os bancos vão captar os recursos de o fundo , de cri , com remuneração de 7,5 % a o ano, e podem adquiri as certificados, emitidos pelas construtoras.