O preço do Jardim Europa

O Jardim Europa é o berço dos paulistanos endinheirados. Com pouco trânsito, bem localizado, arborizado e composto de belos casarões que ultrapassam os 1.000 metros quadrados em muitos casos, quase não há motivos para abandonar o Jardim Europa. O bairro faz parte da bela área nobre de São Paulo que não cedeu espaço para o concreto. Mas não é assim que seus moradores pensam.

De acordo com matéria recente da Folha de SP, mais de sessenta proprietários botaram seus imóveis à venda na região. Segundo a reportagem, a maioria dos entrevistados apontam para a situação atual da economia brasileira, a necessidade de dinheiro, decepção política e mudança para o exterior. O preço para morar nestas casas ofertadas? 30 milhões de reais. Não parece pouco, né?

Casas Jardim Europa

Para morar numa casa assim, apenas tendo muito dinheiro

Você sabe quanto custa para morar numa região como o Jardim Europa? Segundo levantamento de dados no Properati, não é pouca coisa. Enquanto o preço do metro quadrado em Moema e Campo Belo está um pouco acima dos R$ 10.000, e no Morumbi, outra região nobre da cidade, está acima dos R$ 5.000, no Jardim Europa o preço do metro quadrado está acima dos R$ 15.000!

O Jardim Europa só perde neste sentido para outro bairro da cidade, o da Vila Nova Conceição. O bairro próximo ao Ibirapuera já foi o mais caro da cidade e geralmente figura entre os mais valiosos. Na média, você pode adquirir uma casinha no Jardim Europa se tiver mais de R$ 3.000.000. A média de São Paulo é R$ 1.000.000. Apenas com este valor você será vizinho do… Suplicy.

Lar do Esporte Clube Pinheiros, a região possui a cotação máxima de valorização pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI), ou seja, é zona Valor A. Idealizado e construido como uma cidade-jardim, a estrutura do Jardim Europa poderia servir de modelo para qualquer bairro. Desde que à tabela de preços praticados fosse outro, claro. Caso contrário, ficaria restrito a poucos.

Crédito da imagem: Otavio Barreira.