Prefeitura de SP permite denunciar bailes funks irregulares

O funk conquistou bairros e distritos em São Paulo. Você, provavelmente, já deve ter se deparado com grupos escutando e dançando funk em alto volume dentro do ônibus ou metrô.

As festas, ou pancadões para usar a expressão correta, costumam rolar por várias horas, como qualquer bom evento. O problema é o excesso (como qualquer outra festividade, independente do gênero musical predominante).

Sons, gritarias, bebedeiras até altas horas terão seus dias contados, segundo a Prefeitura de São Paulo. Foi criado um canal de comunicação para os moradores que se sentirem incomodados com o barulhão das festas denunciar os excessos.

Qualquer festa barulhenta até altas horas causa irritação

Qualquer festa barulhenta até altas horas causa irritação

A iniciativa partiu da própria Prefeitura em conjunto com o Governo do Estado e a Secretaria Municipal da Promoção da Igualdade Racial. A proposta não é encerrar toda e qualquer festa, mas estabelecer limites. Agora, os pancadões só podem acontecer até às 22hrs, menores de 18 anos não podem entrar e bebidas alcoolicas estão proibidas.

Como são regras difíceis de serem fiscalizadas pelos órgãos competentes, você pode denunciar festas que passaram dos limites através do e-mail funksp@prefeitura.sp.gov.br. Eventos que não possuem autorização prévia poderão ser punidos igualmente. A fiscalização será feita pela Polícia Militar e pela prefeitura.

Não esqueça: Os bailes funks podem ser realizados sem problemas se estiverem dentro dos parâmentros estabelecidos e possuem apoio da Prefeitura de São Paulo e do Governo de São Paulo para tal.