Restaurante Hemsö / Sweco Architects

Do arquiteto. A fortaleza em Hemsö é um dos maiores recintos militares da Suécia desde a Guerra Fria e construiu-se ela sob a terra. A ilha de Hemsö está ao lado de Höga Kusten, inscrita como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 2000. A dramática paisagem e a fortaleza foram abertas aos visitantes pela agência governamental Statens fastighetsverk e como parte deste desenvolvimento urbano, Sweco Architects foi o escritório responsável para o projeto de um novo restaurante na área.

Durante o processo projetual o lema foi pensar num “quartel refinado”, como uma maneira de trabalhar com o desafio de esboçar um restaurante de boas-vindas que conserva uma conexão com a história do lugar. Adicionalmente a isto, também foram inspiração o estilo simplificado da Guerra Fria e o estilo contemporâneo da ilustração de aeronaves. Os telhados inclinados e a caixa que se esconde no terreno são alguns sinais desta referência. As grandes superfícies de vidro vão dar as boas vindas e vão convidar os visitantes a se aproximarem do restaurante.

O restaurante se localiza numa colina escassamente florestada. Um estreito e sinuoso percurso leva a ele. Como a construção estava próximo à natureza, a madeira é uma escolha natural como também um material tradicional da Suécia.

Cada pavimento possui um sistema próprio de circulação organizados ao longo do pátio central. O principal espaço de conferências, com uma parede branca especial para projeções internas no pátio, conseguiu ser o centro visual de toda a construção, mas também uma apreciável área funcional onde está localizada a principal sala de reuniões e de entretenimento da companhia. O espaço aberto de trabalho em torno do pátio, garante a eficiência no trabalho em equipe e a comunicação entre os funcionários.

O frontispício e a estrutura estão feitas em abeto. Nos refeitórios, as paredes interiores são cobertas com painéis de madeira de abeto e a parede posterior do restaurante e alguns obstáculos interiores são cobertas com OSB. Os forros e isolantes de som estão feitos de Träullit . Nos pisos há azulejos de cerâmica e parquet. Enquanto que a parte superior, que contém a adega e a cozinha, descansa entre os penhascos e estão construídas em cimento.

O principal elemento organizador, uma estrutura em aço de dois pavimentos, permite construir uma nova ordem espacial no galpão Jingyuan No.22.