decoração

Estes são os principais erros de decoração

O momento da decoração é, talvez, o mais esperado quando se está entrando em um imóvel, mas é preciso planejar bem para que seu lar não fique brega.

Chegou aquele momento. Depois de meses de negociações e espera você finalmente entra no seu imóvel, próprio ou alugado, e começa a pensar como moldará aquele espaço a sua imagem e semelhança. Tudo é alegria e êxtase diante da “tela branca” que é um apartamento vazio, mas se deixar levar cegamente por estes sentimentos no momento da decoração podem transformar a sua visão de imóvel em uma cacofonia de cores e objetos que não conversam entre si e convertem sua casa em uma bagunça visual.

Longe de nós querermos te desanimar – estamos do seu lado –, por isso separamos algumas dicas para que você consiga decorar o seu lar de acordo com o que você é, evitando ao máximo decisões equivocadas.

A primeira coisa que sugerimos quando se trata de decoração é sentar e pensar. Decorar por impulso nunca é uma boa. Você corre o risco de tornar a sua casa em um depósito de ideias desconexas. É preciso olhar para cada canto e ver se o que você quer pode ser feito e se tem sentido. Por exemplo, não tem por que comprar uma mesa de jantar para seis pessoas se você vai usá-la raramente.

decoração

Uma dica importante é medir o espaço disponível. Esse é um detalhe muitas vezes esquecido pelas pessoas. Elas compram móveis que são grandes demais para o cômodo planejado e ficam presas com algo que não pode ser usado. Vale a pena pegar a planta baixa do imóvel e verificar suas dimensões antes de comprar o mobiliário. Também é preciso garantir que os móveis não prejudiquem a circulação.

Quando estiver procurando por móveis, priorize o conforto. Óbvio que todos nós queremos as coisas mais bonitas, mas é preciso lembrar que você vai querer sentar naquela poltrona daquele designer renomado todos os dias. Não dá para ficar apenas no conceito, ela precisa ser agradável.

decoração

Outro erro cometido por muitas pessoas é abusar de cores fortes e escuras na hora de pintar o imóvel. Os decoradores não recomendam este pintura em apartamentos pequenos, pois acaba passando a sensação de que o imóvel é menor do que ele realmente é. Isso não quer dizer que você não possa utilizar tons mais fortes, é somente uma questão de equilíbrio.

A última dica nossa para decoração é valorizar a luz. Cômodos pequenos e mal iluminados, seja por lâmpadas ou luz natural, passam uma sensação de aperto. Evite colocar cortinas pesadas, prefira aquelas mais leves e com tons suaves. No caso de o imóvel receber pouco sol, planeje pontos de luz bem distribuídos e use tons suaves nas paredes.

Fontes das fotos: Capa, Foto 1 e Foto 2